Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Pabllo Vittar

Com hits como "K.O.", "Todo Dia" e até "Sua Cara", em que faz parceria com a cantora Anitta, a compositora e drag queen Pabllo Vittar esbanja talento e glamour por onde passa! Quer conhecer um pouco mais sobre essa artista? Confira alguns de seus pensamentos!

O mundo gira

Pabllo Vittar

Não vou perder meu tempo lendo “hater”. Eles estão falando o meu nome e o mundo tá girando.

Força interior

Pabllo Vittar

Quando eu estou montada parece que baixa um negócio. Quando eu coloco a peruca, acabou. Ninguém me tomba.

Ser afeminado

Pabllo Vittar

O ser afeminado pra mim é muito revolucionário no sentido de dar a cara à tapa. São as bi afeminadas que estão ali na posição de frente, elas que levam o “baque” primeiro. Elas que são apontadas, elas que levam lâmpada na cara.

Sacrifícios

Pabllo Vittar

Se a gente tá aqui hoje, eu montada de drag, é porque muita gente morreu e sofreu preconceito pra gente ocupar esse espaço. Isso é fato.

Sobre não ser compreendida

Pabllo Vittar

No ensino fundamental foi bem difícil, eu sofri muito, porque as pessoas não entendiam, né. As pessoas não entendiam o “rolê” ainda do gay, de gênero… Era uma coisa que não era discutida em escola, não era falada.

Experiências

Pabllo Vittar

Uma vez eu estava na fila da merenda e um menino me jogou uma sopa quente. Ele virou o prato de sopa na minha cara, porque eu estava falando com a minha amiga. E ele se virou pra mim, jogou aquele prato de sopa quente em mim, porque na cabeça dele eu tinha que agir como homem, falar com voz de homem, ser homem.

Mentes fechadas

Pabllo Vittar

Tem gente que é muito fechada naquele mundo e elas querem que as outras pessoas se fechem junto com elas. É muito egoísmo isso. Vamos respeitar cada um! Respeito é bom e todo mundo gosta, não é verdade?

O nome Pabllo

Pabllo Vittar

Eu sou o Pabllo, eu gosto do meu nome, eu gosto de ser chamado de Pabllo. Eu acho que se eu colocar um nome feminino não vou estar passando verdade na minha arte. E quando você faz uma arte, você tem que passar verdade, pras pessoas te verem transparente, se aproximarem, e de alguma forma se conectar com o que você está fazendo. Então eu sou o Pabllo até morrer. Ou a Pabllo, como vocês quiserem chamar…

Música e Drag

Pabllo Vittar

Eu sempre gostei de fazer drag, sempre fui apaixonada pelo lado feminino, e eu sempre tive o lado femino muito aflorado. E quando eu pude conciliar o canto com o drag, eu pude trazer essa “divonicidade”, brilho pros palcos e as pessoas começaram a se identificar.

Sobre as críticas

Pabllo Vittar

A gente tem que focar no bom, sabe. Tem que focar nos comentários bons, não nos ruins. Eu sou super tranquila, eu acho que a gente que é artista, que faz um trabalho pro público, a gente tem que estar preparado, a gente coloca nossa cara à tapa… Eu sei que se a gente agradar 10, sempre vai ter outros 10 que não vão gostar tanto, mas fazer o quê? A vida é essa, bebê.

Preconceito

Pabllo Vittar

Eu acho que preconceito é uma coisa que está sempre nítida na sociedade, em todo canto. Não vou ser hipócrita de falar que o preconceito está acabando. Mas a gente está lidando contra isso.

Sobre dar beijo em fãs

Pabllo Vittar

Eu beijo fã mesmo, eu gosto dessa interação de amor de artista e fã, sabe? Nunca rolou de me apaixonar, sou de escorpião, então o coração é pesado, é duro, meu amor.

Força

Pabllo Vittar

A gente tem que lutar sim todos os dias, passar nosso blush, nosso glitter e sair na rua. E não ter vergonha do que a gente é.

Dificuldades

Pabllo Vittar

Eu não sou blindada só porque sou artista. A gente sofre preconceito sim, tanto na música quanto no nosso dia a dia, mas é preciso focar no lado bom e sempre ser você. Eu sou eu, eu sou Pabllo, eu me amo, eu gosto do que eu sou, as pessoas vão ter que correr muito pra me deixar com raiva ou triste com crítica.