Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Mulheres defensoras da sustentabilidade

A preservação do meio ambiente é uma das lutas mais nobres da atualidade. Nosso planeta pede ajuda, e muitas mulheres entraram na briga para defendê-lo. Conheça as histórias, as ações e os projetos de algumas mulheres que querem criar um mundo mais sustentável e inspire-se com elas!

continue lendo
Compartilhar

Monica Picavêa

Nascida no Paraná, Monica Picavêa foi buscar ações de sustentabilidade em bairros pobres de São Paulo, principalmente em favelas. Monica implementou na Brasilândia o "Transition Towns" (no Português: Cidades em Transição), projeto criado pelo inglês Rob Hopkins. O "Transitions Towns" está presente em mais de 30 países, e seu objetivo é transformar ambientes urbanos em cidades sustentáveis. Como resultado, os terrenos baldios de antes agora transformaram-se em hortas comunitárias. Além disso, as mulheres se organizam em cooperativas de costura e confeitaria, o que acaba sendo uma forma de renda para elas.

Maria Tereza Jorge Pádua

Maria Tereza Pádua é engenheira agrônoma e um dos nomes mais importantes quando o assunto é meio ambiente no Brasil. Foi ela quem fundou a ONG Funatura, uma das primeiras ONGs ambientais do Brasil. Maria é conhecida também como a “mãe dos parques nacionais do Brasil” devido ao seu esforço em implementar reservas e parques.

Magda Renner

Magda Renner começou a se interessar pela preservação ambiental a partir do trabalho que realizou após ingressar, em 1960, na ONG Ação Democrática Feminina Gaúcha (ADFG), entidade de assistência social que visava ao aumento da inserção das mulheres das periferias na sociedade e também o fortalecimento de seu senso de cidadania e de dignidade. Magda iniciou efetivamente sua militância no ambientalismo, em 1972, depois de assistir a uma palestra do ecologista José Lutzenberger, fundador da Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural (AGAPAN). Magda chegou a ser presidente da ADFG, período em que promoveu o primeiro projeto de separação do lixo em Porto Alegre. Depois disso, a ativista começou a participar de foros internacionais contra a pobreza e a favor da natureza. Magda faleceu em 2016 e é conhecida até hoje como a primeira-dama da ecologia.

Cate Blanchett

Primeira celebridade de nossa lista, a atriz Cate Blanchett é considerada uma espécie de recruta para a causa ambientalista em seu país natal, a Austrália. A atriz é associada à Fundação Australiana de Conservação e é também forte entusiasta das discussões sobre mudanças climáticas. A fim de reduzir a própria utilização de carbono, Cate instalou painéis de energia solar em casa. Como resultado, ela conseguiu reduziu em 20% o consumo de água e de luz dentro de sua residência. Em 2017, Cate recebeu da Ordem da Austrália o título de "Companheira" devido à sua contribuição tanto no campo das artes como no das causas humanitárias e ambientais. Graças às ações da atriz, o Wharf Theater, um dos teatros mais importantes de Sydney, na Austrália, é cheio de painéis solares em seu teto. A atriz é uma das principais figuras no comando da Hora do Planeta na capital australiana. Esse projeto motiva todas as pessoas a desligarem as luzes de suas casas e de centros comerciais pelo tempo de sessenta minutos.

Saiba o que pensa a talentosa Cate Blanchett

Gisele Bündchen

Gisele Bünchen representa o Brasil afora não apenas nas passarelas. Eleita embaixadora da Boa Vontade do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), Gisele Bündchen tenta chamar a atenção das pessoas para o que vem acontecendo com o meio ambiente. Em 2008, junto com sua família, a embaixadora criou o Projeto Água Limpa. O objetivo do projeto é implementar ações de gestão ambiental e também promover a recuperação da mata ciliar das microbacias de Horizontina e Tucunduva, no Rio Grande do Sul.

Frases de Giesele Bünchen: talento, beleza e consciência ambiental

Marina Silva

A ex-ministra do Meio Ambiente iniciou sua trajetória de defesa do meio ambiente ainda no Acre, onde lutou pela defesa do desenvolvimento sustentável. Na época, poucas sabiam o que essa expressão significava. Foi nomeada ministra do Meio Ambiente entre 2003 e 2008.

Leia frases de Marina Silva

 

Dorothy Mae Stang, a Irmã Dorothy

Irmã Dorothy realizou sua atividade pastoral ainda na década de setenta, na Amazônia. A missionária buscava a geração de emprego e de renda por meio de projetos de reflorestamento em áreas degradadas da área da rodovia Transamazônica. Irmã Dorothy foi brutalmente executada com seis tiros em 2005.

Agyness Deyn

Agyness Deyn, modelo de sucesso, decidiu se afastar das passarelas para iniciar sua carreira como cantora. Apesar disso, a cantora não cortou totalmente os laços com a moda e lançou a coleção Eco-friendly em parceria com a Barney’s Green. O diferencial da marca é que a cada item vendido, uma árvore é plantada. Além disso, os clientes podem conferir como está o desenvolvimento das plantinhas com um código impresso nos produtos comprados.

Emma Watson

Emma Watson, a eterna Hermione, de “Harry Potter”, consegue conciliar sua agenda de gravações e ensaios fotográficos para defender assuntos muito importantes, como o feminismo e as causas ambientais. Embaixadora da Boa Vontade pela Organização das Nações Unidas (ONU), lançando a campanha "He for She”, também da ONU, em prol da igualdade de direitos de gênero, Emma criou uma coleção de roupas ecológicas e sustentáveis com a marca People Tree.

Saiba tudo sobre a vida e a carreira de Emma Watson

Isabel Fillardis

A atriz está engajada em projetos ligados à sustentabilidade desde 2003, quando, junto com Júlio Cesar Santos, seu marido, fundou o Instituto Doe Seu Lixo. Essa ação acabou gerando emprego e renda às pessoas que viviam abaixo da linha de pobreza, além de dar início à luta pela valorização e pela profissionalização dos catadores de materiais recicláveis, profissão por muito tempo desvalorizada.

fechar