Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Tyr

Ele é considerado o deus do combate pela mitologia nórdica. Ainda, Tyr era considerado um excelente guerreiro, que lutava de forma honrada e tinha como função garantir que os juramentos e contratos não fossem quebrados. Veja aqui a história, as curiosidades e muito mais sobre esse deus!

continue lendo
Compartilhar

Ritual para Tyr

Alguns rituais eram feitos em homenagem a Tyr e envolviam sacrifícios humanos. Aqueles que perdiam a guerra eram amarrados em árvores pelos braços e ficavam presos até a morte. Os germânicos viam isso como um ato de coragem, mas alguns dizem que não passava de covardia.

Filho de Odin

Acredita-se que Tyr era filho do gigante Hymir, mas passou a ser considerado filho de Odin devido a sua incrível coragem e sede por batalhas. Mesmo sem uma mão, sua bravura permaneceu a mesma.

Armas em punho

Diz-se que Tyr era o mais corajoso de todos os deuses na mitologia nórdica. Ele andava sempre com seu escudo e sua runa, Tiwaz, que parecia uma seta apontada para cima.

Aparência

Na maioria dos registros, Tyr aparece como um homem mais velho, com cabelos, barba e bigode longo. Um homem forte, com armas em punho e sem a mão direita. Ele era uma figura de respeito.

Deus da guerra

O deus Tyr era um excelente guerreiro, lutava honradamente e era guardião severo da lei e da verdade. Acredita-se que ele foi o patrono dos nórdicos antes de Odin. Algumas pessoas colocavam o símbolo da runa de Tyr esculpido em suas armas buscando sorte e sucesso na guerra.

O deus justo

Tyr, segundo a mitologia nórdica, é o deus do combate, da luz, do céu, dos juramentos e, consequentemente, patrono da justiça. Tinha por função garantir que os juramentos e contratos não fossem quebrados.

 

Aprendendo com Tyr

Pouco se ouve falar sobre Tyr, mas muito se pode aprender com ele. A sua coragem deve ser inspiradora para todos, ele se sacrificou em nome de um bem maior, não exitou nem por um minuto. Enquanto todos temiam o lobo Fenrir, ele o encarou buscando assim prendê-lo e trazer paz a todos.

Morte de Tyr

A morte de Tyr foi na Ragnarök, uma série de eventos que culminou em uma grande batalha onde diversos deuses morreram, foi o renascimento do mundo. Ele foi morto por Garm, o cão guardião dos portões de Hel.

O nome da coragem

O nome Tyr se tornou sinônimo de coragem e, na antiguidade, muitos meninos foram batizados em homenagem a esse deus. Nomes como Agantyr, Bryntyr, Hjalmityr, Sigtyr, Valtyr e vários outros.

Sacrifício

Tyr ofereceu sua mão ao lobo como alimento em busca de paz para toda a comunidade. Sua honra entre os deuses apenas aumentou e sua coragem virou marca registrada. Ele sacrificou algo que era importante para ele e nem ao menos exitou, não é só um ato de coragem, mas de bondade.

Olhar além de nós

Aprendemos com Tyr que não devemos ser aqueles que fazem as coisas apenas quando são fáceis ou convenientes, mas aqueles que lutam com todos e por todos. Se olharmos mais além de nosso umbigo, o mundo pode ser um lugar melhor.

Tão importante quanto

O dia da semana de Tyr é a terça-feira, “Tyr’s day”. Acredita-se que sua força era a única que assemelhava-se a de Thor, o deus do trovão. Ele não é tão conhecido como Odin e Thor, pois não teve adaptação de sua figura em filmes campeões de bilheteria, mas no passado ele era um dos deuses mais relevantes da mitologia.

fechar