Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Bete Coelho

Uma artista completa, Bete Coelho iniciou a carreira ainda pequena, passando pelo teatro, cinema e televisão. Conheça o pensamento desta mineira talentosíssima!

02/07/1963
continue lendo
Compartilhar

Trabalho

Bete Coelho

É necessário, é vital, mas o trabalho tem que ter prazer, de preferência com talento. Sem talento, trabalho vira só um trabalho. Trabalho é o que a gente gera, é o que a gente cria, produz, é o que nos faz viver, crescer, mas vocação é necessária.

Futuro

Bete Coelho

Sexo é bom e eu gosto. Se a gente pensar, todo mundo faz sexo, todos os animais, sexo é vida, é o motor da vida, é prazer, é autoconhecimento, é conhecimento do outro, é biológico...ele precisava ser um pouquinho mais natural.

Melhor maneira de levar a vida

Bete Coelho

Sou caseira. Adoro perder tempo na estante com livros, lendo e inventando projetos. Não tenho amor por computador. Faz sete meses que não abro e-mail. Não gosto muito de telefone. Estou bem resolvida com minha exposição no teatro e na tevê. Fora isso, gosto de me esconder, ficar em silêncio.

Cozinhar é um hobby

Bete Coelho

Adoro cozinhar, feijoada, tutu à mineira, carne assada, cuscuz marroquino com legumes. Às vezes passo o dia na cozinha. Fico ali pensando, escrevendo, bebendo, cortando o alho. Desde criança fui criticada por ser péssima cozinheira. Meu pai dizia que eu parecia um homem na cozinha. Batalhei muito por esse lugar ao sol.

Autoanálise

Bete Coelho

Observar-se é matéria-prima para o ator... falei muito tempo sozinha na minha vida. O que gerou? Tenho consciência de como as pessoas podem estar me vendo. Meus pais trabalhavam, meus irmãos estudavam, família pobre, material e culturalmente... quando descobri o livro, foi a salvação. Me tirou de uma casinha pobre e me levou para o mundo.

 

Orgulho do caminho que trilhou

Bete Coelho

Tive sorte de cruzar no meu caminho pessoas fabulosas, com grande conhecimento e de sempre poder formar nos meus trabalhos uma segunda família. Mestres como Paulo Autran, Jô Soares, Antônio Abujamra, Gerald Thomas, Zé Celso Martinez Corrêa, Daniela Thomas, Antunes Filho, Gabriel Villela, Otávio Frias Filho e tantos parceiros generosos que me forneceram coragem, inspiração e estímulo para continuar nessa estrada.

Valor da família

Bete Coelho

É um bem adquirido... é preciso ter muito cuidado para que as relações familiares, que são muito íntimas e o convívio é muito intenso, tenha sempre respeito, consideração, e saber que uma família é formada por indivíduos, e precisa ser considerada como indivíduos e não como uma coisa só, com as diferenças sendo respeitadas. Acho que aí é uma família feliz.

Silhueta

Bete Coelho

Esqueço a idade que tenho. Aqui não tem nenhum botox, faca, ainda. Por enquanto, nem creme uso ainda. Esse ano, ganhei uma ruga, cabelo branco. Normal, né? Mas amo comer. Legumes, folhas, vida chata! Hoje, estou mais gorda do que o normal, mas sei que emagreço. Então, não me preocupo.

O que o sexo diz sobre você?

Bete Coelho

Sexo é bom e eu gosto. Se a gente pensar, todo mundo faz sexo, todos os animais, sexo é vida, é o motor da vida, é prazer, é autoconhecimento, é conhecimento do outro, é biológico... ele precisava ser um pouquinho mais natural.

Filhos mudam a nossa vida

Bete Coelho

Gabriel enlouqueceu minha vida de uma forma maravilhosa. Nunca tive criança em casa. Ele é parte essencial, meu filho, apesar de não ser a mãe biológica dele. Sempre fui notívaga. Hoje, preciso da manhã com ele. Você precisa cuidar de uma criança, da alimentação, da lição de casa, do esporte. Gabriel adora música, faz aula de teatro, ama futebol. No sítio, jogo futebol. Tive uma distensão na virilha jogando com ele.

fechar