Explosão de Amor

Walter Pereira Pimentel

Teu corpo molhado, quando vejo...
Não resisto, toco nele com os dedos
Vou escrevendo meus segredos
Revelando, um a um, os meus desejos

Que tentação, não consigo resistir
Tamanho é o desafio!
Parece que seguro uma bomba
que teve aceso o pavio
E está prestes a explodir

A imaginação desperta, não pára
O coração se agita, dispara
Me perco em meio a tantas fantasias!

Não dá para conter o ímpeto, a emoção...
Os toques acabam por levar a uma explosão
De amor, de prazer, de euforia...

Romantic Home

Copiar texto