Famosos / Cinema e TV / Atrizes / Atrizes nacionais

Débora Olivieri

Com um vasto currículo de trabalhos tanto na TV quanto no cinema e no teatro, Débora Olivieri é uma atriz que, assim como todos da área, atua com muito amor e paixão pela profissão. Quer conhecer um pouco mais sobre essa atriz? Confira alguns de seus pensamentos e ideias!

Aplicativo de namoro

Eu não tinha ideia de que o Tinder poderia me trazer um relacionamento sério.

Compartilhar

Marido Ruud Dankers

Eu quero me unir a ele. Confio nele para ser o meu parceiro, para dividir uma casa, para dividir as contas... Nunca tinha namorado uma pessoa romântica na vida e agora me encontrei. Somos almas integralmente gêmeas.

Compartilhar

Coração apaixonado

Já fazia um ano que eu estava cansada de me divertir. Esse amor foi uma das melhores coisas que me aconteceram nos últimos tempos. Somos muito parecidos, acho que estávamos predestinados.

Compartilhar

Conheceu o marido no Tinder

Apareceu uma foto de um gringo interessante e eu marquei um coração por sugestão de amigos. Fiquei emocionadíssima com a história dele. E no chat, surgiu o convite para jantar no dia seguinte. Mas a verdade é que eu queria jantar no mesmo dia! Ele estava decidido a acabar com o luto e eu ajudei. Pensei: "Gente, que homem é esse! Um escândalo, lindo, educado”.

Compartilhar

Sua personagem da novela “Novo Mundo”

Eu estou extremamente feliz de estar vivendo a Carlota Joaquina. Ela é um personagem bastante intenso. O texto dos autores é tão incrível, a direção de arte é fabulosa, o figurino é tão potente, que é quase a metade do personagem. Eu estou mergulhada nesse projeto. Eu só penso nisso. Acordo Carlota, durmo Carlota. Coitado do meu marido. Mas está muito bacana, muito especial.

Compartilhar

Como faz para compor Carlota Joaquina

Eu tenho uma maneira peculiar de trabalhar. Eu componho de fora para dentro. Fora o texto que é incrível, ele já dá toda a trajetória, a história da história. O principal para mim é fazer a parte comportamental dela. Como ela se comporta, o tom e tudo mais. Então eu vou compondo de fora pra dentro. Enquanto isso vou lendo algumas coisas para entender um pouco mais esse conflito histórico.

Compartilhar

Pedido de casamento

Ele pediu a mão às minhas filhas, em abril de 2016, durante o casamento de uma delas. Eu caí em prantos, fiquei bastante emocionada. Nunca tive uma relação com um homem tão romântico. Tirei a sorte grande. Estou muito apaixonada.

Compartilhar

Léo Jaime

É um companheiro espetacular. Eu já o conhecia por trás das câmeras, olhando para ele como o espectador olha. Mas nunca tive contato com ele. Eu estou fascinada. Um companheiro incrível. Como é bom você fazer televisão com esse espírito teatral. Estou amando.

Compartilhar

Momento de plenitude

Estou muito feliz. Eu amo trabalhar, amo fazer novela de época. Eu estou completa. Eu nunca tive um homem romântico.

Compartilhar

Momento do Brasil

Eu acho que a situação da nossa pátria está terrível. Os políticos afundaram o país. A gente está no fundo do poço, cheio de dívidas. Eu não tenho vontade de ir embora para a Holanda. Eu tenho essa possibilidade até. Mas lá, eu vejo o meu marido louco para vir pra cá. Não sei o que vai ser aqui. Eu não vou abandonar o Brasil. Enfim, quero viver esse momento.

Compartilhar

Saindo da zona de conforto

Eu adoro fazer composição de personagem e criar algo totalmente distante de mim. Estou amando um papel de época. É outra pegada. Até o jeito de caminhar é diferente. Minha caracterização dura de 1h30 a duas horas

Compartilhar

Coração preenchido

Fiquei 15 anos sem um relacionamento sério e, por isso, minha filha me incentivou a entrar no Tinder. Achei tudo uma bobagem. Num dia, lembrei de usar e resolvi brincar. Ruud tinha chegado ao Rio neste mesmo dia e também abriu o aplicativo. Foi um encontro de almas. Acho que estávamos predestinados. Eu me sentia bem sozinha. Jamais poderia imaginar que seria tão mais feliz. Amor maduro é tudo. É muito legal, a esta altura da vida, ter esse conforto no coração.

Compartilhar

Independente

Eu gosto de trabalhar e preciso disso. Não conseguiria viver às custas de terceiros.

Compartilhar

Peça teatral “Rosa”

Sou judia e fiquei fascinada com a identificação que o texto tinha com minha vida e a história da minha família. Cresci ouvindo histórias de minhas avó e bisavó contando como foi quando saíram da Ucrânia e de todas as perseguições que sofreram. De certo modo, é a história que fala da minha ancestralidade.

Compartilhar

Despertar da Primavera, Floribella e Chiquititas

Adorei trabalhar em todos eles individualmente. Cada um com sua própria linguagem e todos voltados para um público jovem e interessado naquilo em seu respectivo momento. Adoro trabalhar para o público jovem.

Compartilhar

Importância de trabalhar na televisão

Adoro fazer TV e acho muito importante estar na mídia televisiva para que o público do teatro venha nos prestigiar. Público adora ir ao teatro ver gente de TV. E fora que fazer TV ajuda a pagar as contas.

Compartilhar

Aprendendo com os colegas de profissão

Fazer uma peça dessa com atores como Arlete, Sales, Laura Cardoso, Everton de Castro, é sempre um acréscimo para a carreira da gente. São atores mais experientes, que têm mais tempo de profissão, e passam uma segurança para nós.

Compartilhar

Peça teatral “Veneza”

Para mim, esta peça tem um equilíbrio fenomenal entre a comédia e o drama. Tem uma pitada do Miguel, pois foi ele quem adaptou, traduziu e dirigiu. Dentro desta conjunção, ele equilibrou muito bem.

Compartilhar

comentários

anterior

Fernanda Torres

Conheça o pensamento desta renomada atriz brasileira

próxima

E-BOOK DOWNLOAD GRÁTIS

9 passos para perdoar (a si mesmo e os outros) e ser livre