Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Ludmilla

Alcançando a 5° posição como álbum mais vendido no ranking geral há alguns anos, Ludmilla mostra todo o seu talento e carisma nesta página. Hoje a cantora já tem carreira firmada e carrega fãs por onde passa. Conheça mais sobre ela por meio de frases e pensamentos da funkeira.

Vídeos

Ludmilla

Comecei a fazer vídeo em casa porque eu gostava de cantar as músicas da Beyoncé. Eu cantava, batucava em baldes e gostava de gravar. Subia os vídeos na minha conta do YouTube, mas trancava. Ninguém via, só eu!

Tratamento

Ludmilla

Ah, mudou tudo, né? Tudo, tudo, tudo mesmo! Tudo que você pode imaginar. O tratamento, por exemplo. Você tem que ver como as pessoas te tratam porque você tem uma gravadora e alguém que cuida dessas coisas para você. Eu chego no meu camarim e ele está vazio, arzinho gelando, cheio de comida, vários bagulhos, Gatorade… Antes não tinha nada disso!

Maravilha

Ludmilla

Agora, meu amor, é outra coisa! Eu chego e tem entrevista pra dar, tem hora para atender os fãs, hora para conversar com os amigos, hora para conversar com a banda, hora para o show, hora para atender os fãs de novo… Agora está uma maravilha!

Firulas

Ludmilla

Eu sempre gostei de cantar, de fazer firula e mostrar a voz, só que o funk que eu cantava não permitia. Tinha que ser muito rápido, tipo um rapper, entendeu? Não dava pra cantar. Agora dá pra cantar e eu tenho uma banda, então fica muito mais legal.

Fortalecimento

Ludmilla, sobre novos talento do Funk.

Ah, eles são importantes porque ajudam a fortalecer o movimento. Todo talento é sempre bem-vindo!

Sonho

Ludmilla

Meu sonho de consumo era cantar com a Beyoncé. É difícil, mas não impossível, porque para Deus nada é impossível! E toda vez que eu falo algo assim, que é difícil, graças a Deus, estou conseguindo conquistar.

Ser MC

Ludmilla

O pessoal do programa da Regina Casé [Esquenta] chegou a cogitar outros nomes, mas eu preferi ficar com o meu mesmo. Na verdade, as pessoas que tem tirado o MC do nome, acho que por eu estar cantando pouco funk… Mas eu sou MC ainda.

Nomes

Ludmilla

A gente trocou porque o meu CD é vendido no mesmo lugar que o da Beyoncé, no iTunes. E as duas são cantoras, mas pô, ela é a Beyoncé, né? Quem procurasse o nome no site, ia aparecer o dela. Não iam me encontrar, porque ela é ela. É a top das tops.

Meu Nome

Ludmilla

Isso é tudo o que sempre sonhei: trabalhar com o meu nome, ainda que no começo tenha usado Beyoncé – porque eu sou muito fã dela.

Lado Pop

Ludmilla

A gravadora me apresentou esse lado da música que eu não conhecia direito. Eles me mostraram e falaram que ficaria bom. Eu testei e pensei “Caraca! Minha voz vai ficar show aí, é o que eu sempre sonhei”.

Produção

Ludmilla

Olha, o funk que eu fazia antigamente era meio caseiro. Não tinha uma grande produção. E, se você reparar, as músicas que fazem sucesso hoje em dia sempre têm uma grande produção, um arranjo, um certo produtor por trás daquilo.

Fama

Ludmilla

Percebi que estava famosa quando eu comecei a entrar nas redes sociais e tinha muita gente dizendo que era meu fã. Mas percebi mais quando fui ao shopping lá perto da minha casa, que eu sempre ia, em São João. Eu fui e não consegui ficar lá porque as pessoas queriam tirar fotos. Não consegui comer e acabei indo embora!

Carreira

Ludmilla

Minha carreira começou quando eu tinha 15 anos de idade, numa festa que teve na minha rua. Dois amigos meus, DJs, começaram a tocar e eu era a única cantora que sabia rimar da rua, aí eles me botaram para cantar. E eu comecei a me apresentar numas festas lá perto de casa.

No Funk

Ludmilla

Meu tio, que é o meu produtor hoje, perguntou se eu queria mesmo trabalhar com funk e eu disse que sim. Ele me apresentou para um cara que trabalhava com funk lá da área. Aí eu gravei “Fala Mal De Mim”, colocamos na internet, e a música estourou… O Brasil todo conheceu. Eu tinha 17.

Inimigas

Ludmilla, sobre a música "Fala Mal de Mim"

Começou com uma menina que roubou minha música. Aí eu fui pensando na garota recalcada e fazendo a música na hora. Ela roubou uma música minha e gravou. Me viu cantando, a música já tava produzida, e ela pegou.

A Música

Ludmilla

Quando eu faço música, eu costumo fazer sozinha, porque a música sai assim “vruuum”, não dá tempo de ficar parando e corrigindo… Ela sai assim do nada.

Redes Sociais

Ludmilla

Como eu troquei de nome, muita gente ainda não conhece, né? Muita gente conhece a música e não conhece a pessoa. Mas as minhas redes sociais estão crescendo muito! Estou ganhando mais de cinco mil seguidores por dia no Instagram. No Facebook, já está chegando a um milhão de curtidas. Está tudo muito rápido! Eu não estou nem entendendo nada!

Empresariar

Ludmilla, sobre Belo e Buchecha.

O meu empresário é o mesmo que o deles. A gente mostrou as músicas e já aconteceu na hora. E eu já os conhecia antes disso.

Feminista

Ludmilla

Eu não gosto de ver minhas amigas chorando porque brigaram com namorado e nunca mais quererem fazer nada. Tem umas que perdem a vontade de viver, sabe? Gente, para! Eu sou a que levanta a autoestima das minhas amigas. E com a minha a música acho que faço isso também.

Coisa Bonita

Ludmilla

Ninguém gosta de uma coisa bagunçada, todo mundo quer aquela coisa bonita, show de bola, bem apresentada.

Preconceito

Ludmilla

Tem muita gente preconceituosa, aff… Eu sinto isso agora. Antigamente, quando minha música não era tão bem produzida, o tratamento era totalmente diferente. Agora mudou tudo. Mas eu tô amando.

Responsabilidade

Ludmilla

Antes eu só ia fazer show à noite e não tinha hora para chegar em casa. Podia dormir a tarde toda. Nossa, agora tenho coletiva de imprensa, ensaio, aula de canto, aula de postura, coaching. Tem muita coisa para fazer, gente! Entrevista o tempo inteiro. É uma doidera!

Camarim

Ludmilla

Antes, tinha dia que eu estava morta de fome e não parava para comer, porque era show atrás de show. E ficavam me enganando. “A gente vai chegar lá no camarim e vai ter um monte de comida gostosa”, diziam. Chegava lá, não tinha camarim nenhum, comida nenhuma e todo mundo me enrolando até de manhã.

Belo

Ludmilla

Eu sempre fui muito, muito, muito fã do Belo. Sou louca pelo Belo até hoje. É que não tenho mais tanto tempo para ir aos shows dele, como antes, mas eu queria muito cantar com ele. Como temos o mesmo empresário, viramos amigos e gravamos uma música, que é a cara dele.