Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Stênio Garcia

Formado pelo Conservatório Nacional de Teatro, Stênio Garcia participou de novelas e séries de sucesso que não saem da memória dos brasileiros. Entre elas estão Carga Pesada e Caminho das Índias.

28/04/1932
continue lendo
Compartilhar

Pedidos

Stênio Garcia sobre Carga Pesada

Acho que eu e Fagundes (Antonio) nos empenhamos com muita força nesse projeto do remake. Lutamos pra isso por meio de declarações, e a imprensa e a mídia nos ajudaram muito. Sem falar no público, que adorava a série e continuava encaminhando pedidos à emissora.

Outros Mercados

Stênio Garcia

O cinema americano nada mais faz do que obedecer e ajudar a divulgar o sistema. Principalmente o cinema que é feito no país mais poderoso do mundo economicamente. Eu falo isso porque todo mundo sabe que eles querem dominar os outros mercados.

Revoluções

Stênio Garcia

Empresas criam e derrubam mercados de acordo com suas necessidades, e os veículos de comunicação estão aí trabalhando para elas, em função de suas necessidades. Eu particularmente não gosto disso. Para mim o cinema e a TV deveriam ser educadores, trabalhar pela qualidade de vida das pessoas. Agora, acho difícil impedir esse processo. Para isso acontecer teriam de haver revoluções.

Satisfação

Stênio Garcia

Amo o "Carga Pesada". A gente tem uma participação muito grande em todo a realização, tanto eu quanto o Fagundes, porque gostamos muito desse universo e acabamos nos transformando numa espécie de heróis para eles (caminhoneiros). Cada vez que os encontramos nas estradas tem sempre uma demonstração de afeto. É um trabalho que me dá uma satisfação muito grande.

Altar

Stênio Garcia

Fizemos muitos amigos na estrada e é ótimo cada vez que a gente se encontra. Isso fora as festas que fazem pra gente. Uma vez vi um pôster nosso num posto de gasolina, entre Campo Grande e Cuiabá, que parecia um altar ante o qual os caminhoneiros paravam.

Cantar

Stênio Garcia

Em TV será a primeira vez que canto (Em Hoje é Dia de Maria). Como ator tinha cantado em teatro, no famoso musical "Hair", há muitos anos.

Alimentação

Stênio Garcia

Essas características acho que estão muito ligadas à minha saúde e à qualidade de vida que busco sempre. Minha alimentação é sadia, não fumo, não bebo, como muito pouca carne (não sou contra quem come, nem defendo a abstinência, eu não como porque não gosto).

 

Plantas Famosas

Stênio Garcia

Adoro mexer com a terra. Tenho mais de 30 árvores frutíferas como sapoti, laranja, entre outras. Cada pé de fruta eu batizo com o nome de uma pessoa amada. Minha mãe, Stella, tem o nome no pé de jabuticaba e meu pai, Antônio, no de manga espada. E tenho os amigos que formei na vida como a Cassilda Becker, que é o pé de lichia, e a última que batizei foi a Mara Manzan, no pé de tangerina.

Cinema Americanizado

Stênio Garcia

Eu acho que o sistema colonizador existe e, é claro, que vai sempre preponderar aquele que tiver mais força, mais poder econômico. E nós sofremos conseqüências culturais desta manipulação. Eu, por exemplo, fui formado pelo cinema americano. Busco o homem brasileiro hoje, na postura, mas é uma consciência adquirida no decorrer da profissão. A verdade é que eu comecei fazendo James Deans e Marlons Brandos. Com o tempo fui modificando isso com personagens como o Zé do Araguaia (Rei do Gado) e outros tipos brasileiros.

Yoga

Stênio Garcia

Faço Yoga normalmente, que é uma coisa que me dá o controle através da respiração. Isso geralmente me concentra, porque eu busco um recanto mais isolado, procuro meditar um pouco e chamar toda a energia para o personagem.

Stênio e Bino

Stênio Garcia

Procuro colocar o mínimo possível de identidade minha nos personagens. Mas é claro que um personagem trabalhador, que tem características fortemente brasileiras, fica parecido comigo. Eu, pessoalmente, acho que sou muito diferente do Bino, mas gosto de coisas que o Bino faz: defender o senso comum e a normalidade das coisas, por exemplo.

Atividade

Stênio Garcia

Você saber que está fazendo um programa que atende a uma determinada classe da sociedade brasileira que é uma das mais importantes: o caminhoneiro. É uma classe sofrida, mas que serve a todo o povo brasileiro. Então, esse contato com essa classe é um aspecto muito gratificante. Pra nós, atores, saber que o mercado está vivo e que a gente está atendendo a ele é que deixa a gente mais ativo e satisfeito.

Relações com as Filhas

Stênio Garcia

Sou uma pessoa muito feliz e de muita sorte. Eu penso e sempre atraio o que desejo. Adoro minhas filhas: Cássia Faro e Gaia Faro. Elas fazem moda, são estilistas, e nos vemos muito, porque participo intensamente do processo de criação delas trazendo livros e conhecimentos adquiridos em minhas viagens ao exterior. Essa também é uma forma da gente se integrar.

Riqueza

Stênio Garcia

Tenho uma relação de amor muito grande com minha família. Minha mulher, Marilene Saade, e minhas filhas são minha fortuna e o amor delas por mim é minha riqueza.

Na Profissão

Stênio Garcia

Gosto de sempre ter um personagem novo, com bastantes desafios. Por exemplo, aos 57 anos, tive de treinar para dar um salto mortal na novela "Que Rei Sou Eu". Qualquer coisa que me desafie e me modifique me encanta profissionalmente.

Crenças

Stênio Garcia

Não acredito em diabo, acredito na maldade do homem e acho que todos que estão em Brasília envolvidos em falcatruas venderam simbolicamente a alma ao diabo. Compactuar com a corrupção é ceder e se aliar à figura dele.

Prestação de Serviço

Stênio Garcia sobre A Vida da Gente

Essa novela foi uma das melhores que eu fiz nos últimos tempos, constatada pelo público. Fiquei feliz de prestar um serviço através do meu personagem, com um merchandising social, através da abordagem do câncer de próstata. Fiquei gratificado com o público brasileiro, que passou a ter mais atenção com a questão da doença, deixando mesmo de lado o preconceito.

Papel dos Sonhos

Stênio Garcia

Gostaria muito de fazer o Sancho Pança da peça "Dom Quixote". Agora que estou aprendendo piano me sinto mais preparado. Se um dia "Dom Quixote" for montado no Brasil, vou entrar na fila de testes para conquistar esse papel.

Sobre os EUA

Stênio Garcia

Não adianta negar que somos manipulados em nosso gosto. Os caras são poderosos e querem vender os produtos deles, então fazem guerra. E guerra é guerra. Eu hoje sei trocar de canal, mas a maioria ainda não sabe. É induzida e condicionada a ver este ou aquele programa, a assistir esse ou aquele filme.

Religiosidade

Stênio Garcia

Eu ganhei uma quadro lindo de São Jorge de um pintor. E é um São Jorge lindo, que vai ficar exposto da minha sala de estudo para me dar sorte. Minha família é católica e eu sempre frequentei a igreja católica. Mas meu contato com São Jorge foi quando eu trabalhei ali no Saara, na Praça da República. Quando eu podia, eu dava minhas chegadinhas lá e fazia um pedido para o guerreiro.

Jogos

Stênio Garcia

Eu não desgosto de jogar, não. Mas eu afirmei isso por causa do personagem. Essa ansiedade do jogo eu não tenho. É uma coisa absolutamente controlável.

fechar