Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify PPS Book Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Left Check

Frases de Chico Anysio

Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho, conhecido artisticamente como Chico Anysio, foi um humorista, ator, comentarista, compositor, diretor de cinema, escritor, pintor, radialista e roteirista brasileiro, notório por seus inúmeros programas humorísticos. Confira suas frases mais famosas!

12/04/1931 23/03/2012
Contrato Chico Anysio

Tenho no meu contrato uma cláusula que me proíbe de tecer qualquer comentário sobre os programas e diretores da Globo. Para não me ver tentado, só vejo tevê a cabo.


Copiar
Compartilhar
Mulheres Chico Anysio

As mulheres estão descobrindo que mulher é bom, coisa que os homens já sabem há séculos.


Copiar
Compartilhar
Medo Chico Anysio

No Brasil de hoje, os cidadãos têm medo do futuro. Os políticos têm medo do passado.


Copiar
Compartilhar
Você também pode gostar

Outros famosos que faleceram no dia 23 de março


Copiar
Compartilhar
Monólogo Mundo Moderno Chico Anysio

E vamos falar do mundo, mundo moderno
marco malévolo
mesclando mentiras
modificando maneiras
mascarando maracutaias
majestoso manicômio
meu monólogo mostra
mentiras, mazelas, misérias, massacres
miscigenação
morticínio, maior maldade mundial
madrugada, matuto magro, macrocéfalo
mastiga média morna
monta matumbo malhado
munindo machado, martelo
mochila murcha
margeia mata maior
manhazinha move moinho
moendo macaxeira
mandioca
meio-dia mata marreco
manjar melhorzinho
meia-noite mima mulherzinha mimosa
maria morena
momento maravilha
motivação mútoa
mas monocórdia mesmice
muitos migram
mastilentos
maltrapilhos
morarão modestamente
malocas metropolitanas
mocambos miseráveis
menos moral
menos mantimentos
mais menosprezo
metade morre
mundo maligno
misturando mendigos maltratados
menores metralhados
militares mandões
meretrizes marafonas
mocinhas, meras meninas,
mariposas
mortificando-se moralmente
modestas moças maculadas
mercenárias mulheres marcadas
mundo medíocre
milionários montam mansões magníficas
melhor mármore
mobília mirabolante
máxima megalomania
mordomo, mercedez, motorista, mãos
magnatas manobrando milhões
mas maioria morre minguando!
moradia meiágua, menos, marquise
mundo maluco
máquina mortífera
mundo moderno melhore
melhore mais
melhore muito
melhore mesmo
merecemos
maldito mundo moderno
mundinho merda!


Copiar
Compartilhar
Bento Carneiro Personagem Chico Anysio

Apesar de não ser tão importante quanto o Conde Drácula, Valdevino Bento Carneiro é a prova de que o Brasil também tem vampiros. Com seu parceiro Calunga, se mete em muitas confusões.
"Bento Carneiro, vampiro brasileiro… pzztt!"


Copiar
Compartilhar
Pantaleão Personagem Chico Anysio

Pantaleão Pereira Peixoto é um aposentado que está sempre a contar histórias falsas. Vive em sua cadeira de balanço, na companhia de sua esposa Tertuliana e de Pedro Bó, um adulto com postura de criança adotado por ele.
"É mentira, Terta?"


Copiar
Compartilhar
 
Professor Raimundo Personagem Chico Anysio

Raimundo Nonato Canavieira é um professor que dedicou sua vida ao magistério e, como típico professor brasileiro, é mal remunerado.
"E o salário, ó!"


Copiar
Compartilhar
Quem-Quem Personagem Chico Anysio

Cristóvão Boaventura é um garçom fanho.
"Morro teso, mas não perco a pose."


Copiar
Compartilhar
Salomé Personagem Chico Anysio

Salomé Maria da Anunciação é uma idosa gaúcha, natural de Passo Fundo, que conversa intimamente com o presidente Figueiredo chamando-o de guri, que tinha como nome João Batista, o mesmo do santo que na Bíblia teve a cabeça cortada para agradar a dançarina Salomé.
Foi professora do presidente e se orgulha muito disso. Durante o mandato, se vê no direito de ligar para ele e fazer sérias cobranças.
Bordões: "Barbaridade. Tchê!" e "Eu faço a cabeça do João Batista ou não me chamo Salomé."


Copiar
Compartilhar
Coalhada Personagem Chico Anysio

Otavio Arlindo Antunes do Nascimento é um futebolista estrábico, de cabelos encaracolados, que já exibiu seu futebol em diversos clubes, com a ajuda de seu empresário, Bigode.
“Depois eles dizem que o Coalhada é isso, que o Coalhada é aquilo…”


Copiar
Compartilhar
Problemas dos brasileiros Chico Anysio

O brasileiro só tem três problemas: Café, almoço e jantar.


Copiar
Compartilhar
Filhos Chico Anysio

Tem coisa que não se discute: filhos detonam qualquer casamento. São maravilhosos, mas fatais.


Copiar
Compartilhar
Casamento Chico Anysio

Quem é casado há quarenta anos com dona Maria não entende de casamento, entende de dona Maria. De casamento entendo eu, que tive seis.


Copiar
Compartilhar
Depressão Chico Anysio

Claro que eu tenho depressão. Tive seis mulheres, nove filhos e dez netos. Se eu não tivesse depressão, teriam de me internar, porque eu seria um psicopata.


Copiar
Compartilhar
Morrer Chico Anysio

Não tenho medo de morrer. Tenho pena.


Copiar
Compartilhar
Justo Veríssimo Personagem Chico Anysio

Justo Veríssimo de Santo Cristo é um político corrupto que possui ojeriza a pobres.
"Quero que pobre se exploda!"


Copiar
Compartilhar
Alberto Roberto Personagem Chico Anysio

Ator e apresentador de talk show, considera-se um símbolo sexual. Usa touca de renda na cabeça e frequentemente interpela seus entrevistados com um “por quê?”.
"Eu sou um símbalo sescual."


Copiar
Compartilhar
Tavares Personagem Chico Anysio

Altino Belo Tavares da Cunha é um malandro carioca que vive bêbado. Casou-se com a rica e feiosa Elisabeth, a qual é chamada por ele de Biscoito.
"Sou! Mas… Quem não é?"


Copiar
Compartilhar
Popó Personagem Chico Anysio

Apolônio Trunfas de Pandolé e Pandolé é um museólogo aposentado, que afirma ter 364 anos de idade, já que faz aniversário de quatro em quatro anos. É o irmão mais velho de Severino Pandolé, inimigo político de Walfrido Canavieira.
"Alpamerindo, você é idiota! Você é iiidiota!"


Copiar
Compartilhar
Painho Personagem Chico Anysio

Ruy de Todos os Santos é um pai-de-santo homossexual, nascido na Bahia. Pessoas importantes da sociedade baiana sempre requisitam os serviços de Painho para que ele fale da sorte e futuro de cada um através dos búzios.
"Eu sou doooido por essa neguinha!"


Copiar
Compartilhar
Divino Personagem Chico Anysio

João Lírio do Amor Divino é um guia espiritual que não possui religião, dá preferência em suas consulta às mulheres.
"Divino cura, sara, purifica e… Machuca."


Copiar
Compartilhar
Importância do humor Chico Anysio

Se o humor não fosse tão importante, os olhos dos homens grandes – por favor, não confundir com grandes homens – não estariam tão voltados à sua vigilância; os lápis vermelhos da censura seriam engavetados ou desapontados, o que talvez ainda fosse melhor: os dedos já não apontariam cortes e proibições, e muitas bocas deixariam de ser fechadas.


Copiar
Compartilhar
Azambuja Personagem Chico Anysio

Carioca malandro profissional, Maurício Azambuja aprendeu com a escola da vida tudo que sabe. Já foi jogador do time de Bonsucesso, mas arriscou durante um período a carreira de cantor.
“Estou contigo e não abro”.


Copiar
Compartilhar
Haroldo Personagem Chico Anysio

Haroldo P. Brazão foi personal trainer durante muitos anos, mas só para homens, pois odiava as mulheres. Com o tempo, mudou seu interesse e agora quer a atenção feminina custe o que custar. O problema é que ele não é exatamente o que as mulheres gostam.
“Agora sou hétero. Mordo você todinha. Sabia que eu mordo você todinha?”


Copiar
Compartilhar
Gastão Personagem Chico Anysio

Apesar do nome, Gastão Franco não gosta nada de perder dinheiro. Ocupa o cargo de diretor de produção em uma emissora de televisão e controla todos os gastos dos projetos.
“Pão duro? Não. Eu sou controlado. Quer poupar, poupa.”


Copiar
Compartilhar
Nazareno Personagem Chico Anysio

Nazareno Luis do Amor Divino é funcionário público e desperta a raiva de todos pela forma como trata sua esposa.
“Ca-la-da! Tá com pena. Leva para você.”


Copiar
Compartilhar
Projac Chico Anysio

Vou morrer no Projac, depois de um diretor dizer: “Corta. Valeu, Chico”. Eu direi: “Que bom que valeu” e morro em seguida. Será bonito.


Copiar
Compartilhar
fechar