Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up
Andria Horta.

Andréia Horta

Andréia Horta é uma atriz brasileira que nunca teve medo de dizer o que pensa. Interpretou Elis Regina em um filme biográfico, reproduzindo nas telas o que foi a experiência de viver na ditadura militar. Atuou na série "Alice", da HBO, e é conhecida pelas novelas "Império", "Liberdade, Liberdade" e pelos filmes da sequência "Muita Calma Nessa Hora". O talento de Andréia deve ser enaltecido, e os pensamentos da artista são únicos e verdadeiros. Confira, a seguir, as melhores frases da atriz em entrevistas que ela deu ao longo de sua carreira. Encante-se por ela e encontre motivos para valorizar essa artista brasileira!

Meu coração

Andréia Horta

Foto Andréia Horta.

Eu quero é não ter medo do que o amor significa. Enquanto isso vou tapeando meu coração quente e vazio.

Reconhecer o cinema nacional

Andréia Horta para “O Globo”

“Participo de tudo: escolha dos filmes, reunião de pauta, as primeiras conversas. Escutamos frases poderosas de pessoas com pensamentos resistentes e positivos. O Brasil tem produções bem recebidas nos festivais mais importantes do mundo. Em termos de indústria, gera muito emprego e dá um retorno grande. Atacar o audiovisual é ignorar esses números.”

Conheça 10 boas atrizes do cinema atual

Resistência da Arte

Andréia Horta para “O Globo”

Foto Andréia Horta.

“Em geral, o artista no Brasil é pobre. Estou falando de circo, de teatro, das equipes de cenotécnicos, de iluminadores, todo mundo que faz a máquina funcionar. A situação é precária. Quem não acha isso ignora a realidade. O Estado tem que amparar o artista, porque cultura é fundamental. Não vamos parar de fazer arte, porque não existe sociedade sem isso.”

Mulher no cinema

Andréia Horta para “O Globo”

“Tem tanta coisa maravilhosa sendo feita no cinema. Um exemplo é ‘Baronesa’, de Juliana Antunes. É um filme da periferia, com mulheres à frente, não só a diretora, como também a protagonista. Nesta temporada de ‘O País do Cinema’, nosso set era basicamente feminino. Hoje em dia, dependendo de quem está à frente do projeto, as equipes já são metade homens, metade mulheres. Em todas as áreas: luz, câmera, técnica, direção, fotografia. Isso é maravilhoso.”

Conheça o Dia do Cinema Brasileiro

Quando interpretou Elis Regina

Andréia Horta para “O Globo”

“Dizem que emocionei muita gente com o filme sobre Elis (risos). Nunca tive medo de ficar presa à personagem, porque continuo trabalhando. Se alguém pensa que eu só fiz isso, é um julgamento que não corresponde à realidade.”

Sobre o futuro

Andréia Horta para “O Globo”

Foto Andréia Horta.

“Não tenho medo do tempo. Minha cabeça só melhora. Quero, no futuro, escrever mais, colocar no mundo mais trabalhos autorais. Tenho também vontade de ser mãe e estou tranquila em relação à idade. A pressão social não me constrange. Não tenho nenhuma responsabilidade sobre o que projetam sobre mim, o compromisso é só com o meu bem-estar. Não tenho intenção de ser exemplo.”

Sobre ser escritora

Andréia Horta para “O Globo”

“Ainda escrevo, é um exercício, mas não tão presente quanto antes por uma questão de tempo mesmo. No passado, cheguei até a vender um livro meu na noite. Só que a porção atriz tomou conta, e o lado da escrita ficou defasado. Mas tenho muita coisa guardada esperando que eu trabalhe nelas. Só não passo para ninguém ler até que eu decida colocar no mundo.”

Adaptações literárias do cinema nacional

O rótulo de namoro

Julio Machado, namorado de Andréia, para o “GShow”

“Esse nome 'namoro' não é uma coisa que eu costumo usar muito na vida. Nominar reduz as coisas. O fato é que eu e Andréia temos uma amizade de 15 anos. O que eu diria é que somos amigos e que não estamos preocupados com o nome que isso tem.”

Relacionamento com Emanuelle

Emanuelle Araújo sobre o suposto caso entre ela e Andréia, para “O Globo”

Foto Andréia Horta e Emanuelle Araújo

"Somos duas mulheres, livres, que trabalham, e as pessoas já querem criar história. Era uma celebração do amor, de um relacionamento fraterno. Mas também, é daí? O Brasil está muito duro, vamos focar no que importa."

Sensualidade

Andréia Horta

Foto Andréia Horta.

Nunca fui muito ligada nisso de sensualidade. Tive que treinar bastante, porque na minha vida isso nunca foi o foco.

Minha mente

Andréia Horta

Sou assim mesmo. Rola muita coisa na minha mente. Às vezes, dá vontade de baixar um pouco o volume.

O ser humano

Andréia Horta

O ser humano me interessa muito, todas as suas escalas, das maravilhosas em direção ao amor, até as escalas que vão no sentido oposto.

Poesia

Andréia Horta

Aqui a poesia só pede um pouquinho de atenção para o sentimento.

Sou vaidosa

Andréia Horta

Foto Andréia Horta.

Sou vaidosa, mas acho que na medida. Não sou neurótica, não sou louca. Acho que neurótica seria aquela preocupação exacerbada como vai parecer, como se veste, como vai estar sua bunda. Uma preocupação excessiva com o corpo, que eu não dedico.

Chakras

Andréia Horta

Foto Andréia Horta.

Esse trabalho evoca chakras muito baixos, evoca uma energia muito negativa.

Me incomoda

Andréia Horta

Nossas mãos se dão murchas. Nossas bocas se tocam fartas de alguma coisa engasgada. Não tem mais sexo. Nem brilho nos olhos. Nem assunto. Nenhuma novidade.

Ser ator

Andréia Horta

Foto Andréia Horta.

Ser ator é algo muito sério! Temos de estar comprometidos pelo ofício e não com os louros que ele pode proporcionar. Sou contra o deslumbramento.