Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Mensagens para os filhos de Xangô

A umbanda e o candomblé são compostas por orixás, os filhos desses orixás possuem características em comum que são herdadas de seus pais. Essas características podem aparecer em diversas áreas da vida, na relação com eles mesmos, no trabalho, nas amizades, na espiritualidade, até o modo como falam com outras pessoas se relaciona com as características do orixá. Para saber como se comportam os filhos de Xangô, é necessário conhecer mais sobre ele. Desvende esse universo de fé com 15 mensagens sobre Xangô e seus filhos. Conheça a história de Xangô, como ele se tornou orixá e como suas características são passadas a seus filhos. Confira essa lista e saiba mais sobre a divindade e seus filhos.

continue lendo
Compartilhar

História de Xangô

O orixá é conhecido por ser filho de Bayani e marido de Iansã, a Deusa dos ventos, além de Obá e Oxum. A história conta que, em determinado momento, os que se opunham a Xangô ordenaram que o exército do orixá e o próprio Xangô fossem destruídos. O exército do orixá estava perdendo a batalha, tendo seus homens executados. Em determinado dia, o Orixá Xangô meditava, refletindo sobre a situação que o assolava e pensando em como seria possível derrotar o inimigo. Em um momento de ira, Xangô bateu seu martelo em uma pedra, provocando faíscas que causaram uma catástrofe; quanto mais batia, mais faíscas apareciam e atingiam os inimigos. Dessa forma, vários inimigos foram vencidos fazendo com que ele vencesse a batalha. Xangô ficou conhecido então por clamar justiça.

Conheça os orixás da umbanda

Tornando-se orixá

Dois homens num campo lutando com espadas

Outra história conta que Xangô ateou fogo em seu reino e, seguindo a tradição de seu povo, desafiou o seu melhor general para uma luta. Xangô perdeu a luta e, seguindo as regras, devia desistir da sua vida pelo mal causado a seu povo. Sendo assim, Xangô se enforcou e seu corpo desapareceu em seguida dentro de um buraco preenchido de terra. Foi nessa situação que ele se tornou orixá. Como orixá, ele é filho de Oxalá e Iemanjá.

Oferenda para o orixá

O Amalá de Xangô é a oferenda típica oferecida ao orixá. Você vai precisar de 12 quiabos, 1 litro de mel, azeite de dendê, água, carne de peito, camarão seco e cebola.

Você deve começar cortando os quiabos em pedaços pequenos. Depois disso, tempere com a cebola ralada, camarão seco e azeite de dendê. Cozinhe e misture com a carne de peito cozida e cortada em pedaços. Lembre-se de contar com a ajuda de alguém preparado dentro da religião.

Dia de Xangô

Xangô é cultuado na Umbanda e no Candomblé, seu dia é comemorado em 30 de setembro em ambas religiões. O dia da semana considerado de Xangô é a quarta-feira.

Oração para Xangô

Altar para Xangô com flores e ornamentos

“Kaô meu pai, kaô. O senhor que é o rei da justiça, faça valer por intermédio de seus doze ministros, a vontade divina, para que os olhos de meus inimigos não me encontrem. Empresta-me sua força de guerreiro, purifique minha alma na cachoeira. Se errei, conceda-me a luz do perdão. Faça de seu peito largo e forte meu escudo,

Para combater a injustiça e a cobiça. Minha devoção ofereço. Que seja feita a justiça para todo o sempre é meu pai e meu defensor, conceda-me a graça de receber sua luz e de receber sua proteção. Kaô meu pai xangô, kaô”

Justiceiros

Os filhos de Xangô são justiceiros, não podiam deixar de ser sendo filhos do orixá da justiça. Quem é filho desse orixá não suporta injustiças, não consegue se manter indiferente diante do que considera errado e corre atrás do certo até conseguir. É daquele que compra a briga que for necessária para fazer justiça. Os filhos desse orixá são grandes exemplos de força e persistência. São grandes vencedores na vida porque creem em si mesmos.

Nos relacionamentos

Os filhos de Xangô gostam de aproveitar a vida, viver as coisas boas que ela oferece e aproveitar cada minuto. Por isso, demoram para se envolver em relacionamentos sérios, não se apaixonam fácil e, por isso, estão sempre em relacionamentos diferentes. São considerados ótimos amantes, quem se envolve com um filho de Xangô não se esquece facilmente.

 

Divertidos e carismáticos

Mulher usando coroa de flores e sorrindo

Os filhos desse orixá possuem uma personalidade carismática, única e original. Eles despertam atenção por onde passam, com seu jeito extrovertido e simpático. Eles são sempre recebidos nos lugares com muito carinho e atenção em retribuição a toda simpatia e carisma que tem pelos outros. Esse traço da sua personalidade gera muito ciúme em seus parceiros e não gostam de cobranças e ciúmes. Por conta disso, constantemente estão sós.

No trabalho

Esses filhos podem ser difíceis de tratar no ambiente de trabalho, principalmente quando é necessário trabalho em grupo. Seu traço autoritário e seu jeito de falar o que precisa ser dito faz com que muitas pessoas não gostem dele. Não lidam bem com a opinião alheia na maior parte do tempo e falam o que dá na telha independente das consequências. As áreas que mais combinam com os filhos desse orixá são administração, contabilidade, direito ou comércio.

Leia inspiradoras mensagens do candomblé

Intensidade

Eles têm os nervos à flor da pele, o que é comum aos filhos de Xangô. Justiceiro, autoritário, mandão e egocêntrico, esses são alguns traços da personalidade dos filhos de Xangô. São pessoas bondosas e solidárias apesar do pavio curto que normalmente tem. Mesmo sendo bondosos, é preciso ter cuidado para não os chatear, uma vez irritados, é difícil voltar atrás.

Comilões

Uma mesa com quatro pratos de comida e mãos de pessoas pegando a comida

Os filhos de Xangô são chegados ao pecado da gula. Apreciam uma boa refeição, seja saindo para comer, seja cozinhando. Tudo que envolve os prazeres da gula o interessam. Com fama de bons de garfo, devem ter cuidado com sobrepeso, obesidade e problemas de saúde. Mesmo para os que tomam esses cuidados, o apresso pela comida segue sendo uma característica desses filhos.

Autoestima

Os filhos de Xangô costumam ter uma autoestima elevada e, consequentemente, energias positivas para transmitir a todos que o cercam. São respeitados e têm uma personalidade e opinião muito fortes. Possuem uma postura autoritária e respeitosa por serem filhos do Orixá que se porta assim. Costumam estar cercados de pessoas que os amam, mas necessitam dos seus momentos de solidão para refletir.

Vingativos

Os filhos desse orixá são extremamente vingativos perante as injustiças e só encontram paz dessa maneira. Independentemente do que aconteça com ele, a volta por cima sempre vem e isso inclui a vingança ao inimigo. Pessoas com a personalidade vingativa e que não gostam de ser contrariadas costumam não se dar bem com os filhos de Xangô.

Obstinados

Grupo de pessoas olhando o pôr do sol com os braços erguidos

Os filhos desse orixá são obstinados, sempre traçando os caminhos que os levaram ao que querem. Tudo que eles fazem marca sua presença nos lugares, suas atitudes e palavras deixam memórias por onde passam. Eles fazem questão de estar sempre cercados de pessoas que gostem de si. Os filhos de Xangô têm pavor de serem esquecidos e por isso fazem de tudo para marcar sua existência, seja nos lugares, seja nas pessoas.

fechar