Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Mensagens sobre depressão pós-parto

A depressão pós-parto é uma doença real que pode atingir qualquer mulher, por diversas razões. Ainda assim, muitas vezes a doença passa despercebida ou é tratada como frescura. Mas a realidade não podia ser mais diferente: quem sofre dessa depressão precisa de apoio e tratamento. Entenda.

Atenção

Não podemos tratar a depressão pós-parto como frescura. É uma doença muito séria e que precisa de cuidados. Atente-se aos sinais após o nascimento do bebê. Veja se a mulher sente-se triste o tempo todo, se ela não se interessa pelo neném e se não se sente capaz de cuidar de si e do filho, entre outras coisas.

Entenda seus sentimentos

Você recebeu uma das maiores bênçãos da vida, um filho. Deveria estar tomada por uma felicidade. Mas se em vez disso sente apenas medo, dúvida, tristeza e confusão, cuidado. Pode ser depressão pós-parto, e você precisa de ajuda.

Dados

Uma em cada sete mulheres apresenta a depressão pós-parto. Isso não faz delas mais fracas ou mães ruins. Elas só precisam de acompanhamento médico para poder sair dessa condição e curtir a vida de mãe.

O que é a DPP?

A depressão pós-parto é uma condição médica em que a nova mãe tem intensas emoções e sentimentos negativos nos meses seguintes ao nascimento do bebê. Ela geralmente aparece entre a primeira e a terceira semana do nascimento do neném. Pode acontecer com mães de primeira viagem e também com quem não é o primeiro filho.

Fique tranquila

Saiba, mamãe, que você não está sozinha. Muitas mulheres sofrem com a depressão pós-parto, e vai ficar tudo bem. Não tenha medo de pedir ajuda, tanto das pessoas que ama, quanto de médicos. Você pode e vai superar isso.

Desencadeando

Não se sabe o que exatamente causa a depressão pós-parto, mas é um conjunto de fatores físicos e emocionais. Mudanças hormonais, privação do sono, problemas emocionais, tudo isso pode desencadear a DPP. Procure por ajuda.

Sintomas

Os sintomas mais comuns da depressão pós-parto são: sentir-se deprimida, alterações severas de humor, choro excessivo, dificuldade de conectar-se com o bebê e afastar-se das pessoas que ama, entre outros. Saiba identificar os sintomas em si mesma ou naquela nova mamãe que está próxima a você.

Passos da DPP

O primeiro passo para superar a depressão pós-parto é admitir que a tem. O passo seguinte é procurar por ajuda especializada. O tempo de cura vai depender do estágio em que está e do tratamento proposto pelo médico ser seguido.

Apoio

A depressão pós-parto não é algo que some sozinha, precisa de tratamento. A pessoa que sofre com ela precisa de ajuda profissional e também de apoio dos amigos e familiares. Não feche os olhos para o problema.

Precisa de você

A pessoa que está sofrendo com a depressão pós-parto precisa saber que não está sozinha, e também que não está sendo julgada. Não a trate como culpada por estar nessa condição. Acredite, ela está sofrendo muito com isso. Então aja com carinho e compreensão. Ela precisa de você.

Tomando medidas

Há algumas medidas que podem ajudar na melhora da depressão pós-parto, como levar uma vida saudável, ter um tempo para si, ter expectativas realistas e compartilhar o peso do que está sentindo com as pessoas ao seu redor. É uma doença muito séria, que não pode ser ignorada.

Escute um profissional

Se você suspeita que algo está errado com você, procure por um médico. Só ele poderá constatar se é de fato depressão pós-parto. Não deixe que te chamem de louca ou falem que é algo da sua cabeça. Só um profissional pode determinar o que está acontecendo contigo e indicar um tratamento.