Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Porque homens ocupam melhores cargos de trabalho do que mulheres

Ainda que as mulheres tenham conquistado o direito de trabalhar há muito tempo, o mercado não as vê como profissionais tão competentes quanto os homens. Nas mensagens a seguir, dados e possíveis explicações sobre esse cenário vão te ajudar a entender o porquê disso!

continue lendo
Compartilhar

Os números comprovam

Um relatório divulgado pelo IBGE em 2017 mostrou que, embora as mulheres representem 43,8% de todos os trabalhadores brasileiros, somente 37% dos cargos de chefias (direção e gerência) são ocupados por elas. Em grandes empresas, a situação é ainda mais preocupante: 10% dos comitês executivos no Brasil são compostos por mulheres.

Diferença salarial

Outro fator que amplia a diferença entre homens e mulheres no mercado de trabalho é a diferença salarial entre ambos. Essa é uma evidência de que os cargos que as mulheres ocupam são menos especializados e também menos remunerados. Em cargos de baixa especialização, as mulheres recebem 76% dos salários dos homens. Em cargos de chefia, o valor cai para 68%.

Estereótipos femininos

A dificuldade de uma mulher atingir um cargo de chefia no mercado de trabalho se dá pela permanência de estereótipos sobre mulheres. Acredita-se que as mulheres são frágeis e emotivas. Imaginam que todas as mulheres querem ter filhos e que, tendo filhos, trarão prejuízos para a empresa. Essas mentiras impedem que os empregadores reconheçam o potencial das mulheres.

Não são mandonas, nem arrogantes

As mulheres que ocupam cargos de chefia, assim como os homens, muitas vezes assumem uma postura assertiva, centrada e direta. Como esse tipo de comportamento é esperado somente dos homens, a supressão da delicadeza e da fragilidade de uma mulher em um cargo de chefia automaticamente a colocam como uma pessoa mandona e arrogante. Na verdade, ela só está fazendo o seu trabalho.

 

Um problema estrutural

O problema da desigualdade se estende entre a maioria das empresas porque o machismo e o racismo são problemas estruturais da sociedade. Isso significa que a sociedade se baseia em um regime que diminui e exclui mulheres negras e mulheres brancas, como se essa fosse a única regra a seguir.

fechar