Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Tiago Abravanel

Tiago Abravanel atua, canta, dança... É o típico artista completo! Neto de Silvio Santos, o ator ganhou fama após representar Tim Maia no teatro e participar de uma novela na Rede Globo. Conheça o artista que é uma revelação do teatro e da tevê!

21/10/1987
continue lendo
Compartilhar

Arte

Tiago Abravanel

Eu não me vejo e nunca me vi fazendo algo que não esteja ligado à arte. Já me imaginei fazendo outras coisas fora do palco, como produzir, dirigir, dar aula… Acho que a gente não escolhe ser artista; já nasce assim.

Musical que o define

Tiago Abravanel

Acho que Shrek. Me identifico com ele, principalmente por uma questão pessoal. Sabemos que, na história, todos enxergam o Shrek de uma determinada forma, sem conhecê-lo de fato. Eu já nasci estigmatizado com uma estampa: “O neto do Silvio Santos”. De maneira generalizada, as pessoas nem procuravam saber quem eu era. O fato de ser neto de quem eu sou sempre vinha antes. Assim como no musical: a figura do ogro se apresenta daquela forma, antes de qualquer coisa. Estabelece a primeira impressão, sem revelar quem de fato ele é.

Respeito

Tiago Abravanel

A minha maior felicidade é saber que fui reconhecido por um trabalho no teatro, que é tão difícil no Brasil, e fui muito respeitado. Cheguei à Globo de uma maneira muito bacana. As pessoas respeitam os atores de teatro aqui assim como os de televisão.

Bailarino

Tiago Abravanel

Na verdade, eu até passei por uma espécie de "Síndrome de Billy Elliot". Meu pai, ao saber que eu queria ser bailarino, me deu uma luva de boxe. Disse que eu deveria fazer boxe ou jogar basquete. Não fiz boxe e nem joguei basquete. Também não me tornei bailarino, mas é um sonho que eu ainda quero realizar. Sei que, de certo modo, já faço isso no meu trabalho. Mas quero, um dia, fazer algo específico com a dança.

O avô Silvio Santos

Tiago Abravanel

Meu avô está feliz e orgulhoso. Para ele, é motivo de orgulho saber que eu estou construindo meu futuro, minha carreira, sem precisar falar: “vô, me coloca ali”. Ele viu tudo que eu fiz até hoje. Passei por testes.

A música

Tiago Abravanel

O que mais me inspira é o fato de poder contar a história através de diferentes possibilidades e, principalmente, através da música, que considero a manifestação artística que mais toca o ser humano. Não tem quem não goste de música. Adoro poder contar uma história através da música.

 

Amor e dinheiro

Tiago Abravanel

Acho que a gente não precisa ter dinheiro pra poder amar. Quando estou com a pessoa especial não penso em quanto vou gastar: penso no momento. O que não elimina a questão de precisar do dinheiro pra sobreviver. Mas sou meio tarimbado em relação a quem se aproxima de mim por interesse, tenho um radar. Não elimino ninguém, mas tomo muito cuidado.

Acreditar

Tiago Abravanel

Se você não acredita naquilo que está fazendo, não vai chegar a lugar nenhum, não tocará o coração das pessoas. Tenho que ter isso como a minha verdade e deixar falar a voz do coração.

Seres intocáveis

Tiago Abravanel

Às vezes, imaginamos algumas personalidades como seres intocáveis. De repente, nos damos conta que todos são de carne e osso, todos são iguais. E eles sempre têm alguma coisa para te falar, para acrescentar…

Não estagnar

Tiago Abravanel

Uma coisa que considero muito: ficar atento para não estacionar, estagnar. Não achar que a gente está pronto. É importante não estar satisfeito. Escolhemos a arte, que já não é um caminho fácil. Se escolhemos esta profissão, tem que haver um motivo maior, uma vontade maior, algo dentro de nós que nunca se satisfaça, que queira sempre mais. Acho muito importante a gente praticar o tempo inteiro aquilo que a gente estuda. E nunca parar de estudar. O artista não sobrevive só de talento. Técnicas, novas histórias, novas experiências, tudo isso é importante. E, acima de tudo, não deixar o artista que existe dentro de cada um se acomodar, morrer.

Família materna

Tiago Abravanel

Nunca tive uma proximidade muito grande com meu avô (Silvio Santos). As visitas eram aquelas coisas de Natal, aniversários, datas comemorativas. A relação com a parte materna da minha família nunca foi a de uma família de comercial de margarina.

Ser apresentador

Tiago Abravanel

Hoje, talvez, a minha vontade de ser apresentador me desperte muito mais interesse que antigamente, porque antes vinha primeiro a coisa de ter a mesma profissão do meu avô e ser comparado com isso. Mas hoje eu tenho essa oportunidade de fazer esse trabalho dentro da música, que me traz essa intimidade e me traz essa vontade de querer ser apresentador, fazendo meu trabalho da maneira como acredito e fazendo para que as pessoas conheçam a maneira como é o Tiago e não querer ser o sucesso do meu avô, o substituto.

Conquistar o mundo

Tiago Abravanel

Crescer dói. Mudanças para que a pessoa cresçam, doem. Mas precisamos evoluir. Em meio a tudo isso, tenho medo de perder o Tiago. Não quero e não acho vá acontecer. Mas nesse universo que gente vive, a explosão da mídia, da fama, o assédio… Tudo é muito intenso! Mas tem um ensinamento do meu avô, que passou pra minha mãe, que repassou pra mim: "De que vale ganhar o mundo, e perder a si mesmo?". Quero poder, sim, conquistar o mundo, mas em nenhum momento quero me perder.

Crítica

Tiago Abravanel

Acho que a crítica, quando é construtiva, fortalece. Então, mesmo que for uma crítica ruim, se ela for construtiva, o ideal é a gente utilizar isso para aprender.

fechar