Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Frases do Mussum

O Mussum é um dos personagens mais queridos da história do humor brasileiro, com sua irreverência típica ele marcou época com o seu bordão "Cacildis"! O Trapalhão se foi há mais de 20 anos mas seu legado continua até hoje e ele ainda é reconhecido pelas novas gerações. Com um humor ácido, o comediante não tinha papas na língua, e mesmo assim fazia piadas inteligentes. Seu personagem até era extramente caricato e utilizava um vocabulário próprio, mas Mussum marcou a televisão brasileira com sua imagem divertida, engraçada e otimista. Confira algumas de suas principais frases e relembre o trabalho deste grande ator!

Ninguém vê

Mussum

Mussum usando chapéu e sorrindo em foto preto e branco

"Todo mundo vê os porris que eu tomo, mas ninguém vê os tombis que eu levo!"

Em linguagem própria, Mussum manteve vivo o ditado popular de quem sabe que tem só parte da vida vigiada pela vizinhança.

Alegrar sua Vidis

Mussum

Mussum olhando para a câmera

"Ta deprimidis, eu conheço uma cachacis que pode alegrar sua vidis."

Olhando com os olhos de hoje, em outros tempos e cientes dos problemas que o alcoolismo realmente representou na vida de Mussum, a frase soa até um pouco triste. Mas, na época em que foi dita, era divertida e arrancava risos da plateia.

Minha Terra

Mussum

"Quem manda na minha terra sou Euzis!"

Não é porque seu personagem não estava, digamos assim, na mais sóbria das condições, que ele perdia o domínio sobre si. Quem manda no pedaço dele, é ele mesmo.

Tua Véia

Mussum

Mussum usando chapéu vermelho e olhando para o lado esquerdo

"Criôlo é a tua véia!"

O fim do século XX no Brasil não ficou conhecido por ser muito cuidadoso com as questões raciais e de gênero. Naquelas décadas, piadas com ofensas racistas eram comuns e aceitas pela mídia. Mesmo assim, quando aparecia qualquer ofensa à sua pessoa com esse viés, Mussum não deixava barato e já mandava a reposta na lata!

Negão é...

Mussum

"Negão é teu passadis."

Mussum brincava com a cor de sua pele e tirava a questão do preconceito de letra! Mesmo vivendo em uma década em que várias práticas, que hoje sabemos racistas, eram comuns, Mussum sempre deixou claro, com bom humor, que certas brincadeiras eram ofensas sim.

Descubra tudo sobre atores nacionais

Vai caçá

Mussum

Mussum usando chapéu azul e camiseta listrada azul e branca.

"Vai caçá sua turmis!"

Dentro do personagem caricato que compôs nos Trapalhões, não faltaram bordões e a construção de um dicionário todo próprio. Eis uma das melhores formas de mandar alguém “procurar sua turma”.

Deus é testemunha

Mussum

"Tem leite de morcego? Não? Deus é testemunha de que eu queria leite, então bota uma pinga aí!"

No quadro clássico do Mussum nos Os Trapalhões, ele sempre “tentava” tomar leite em vez de pinga. Reinventando e recontando inúmeras vezes uma clássica piada do cancioneiro popular, sempre divertia com seu bordão clássico diante das negativas aos pedidos mais inusitados de leite que formulava.

Minha vida é...

Mussum

Mussum usando capa verde e sorrindo

"Minha vida é um Litro abertis!"

Em muitas da esquetes das quais participava, Mussum era o ponto de alívio da tensão. Com saídas geniais e respostas sagazes às perguntas mais inconvenientes, arrancava risadas do público em geral e conquistava as crianças da época.

Vou me pirulitar

Mussum

Mussum usando terno branco e gravata borboleta preta.

"Eu vou me pirulitar daqui, cacildis!"

Sob o bordão, Mussum protagonizava ótimas saídas estratégicas. Com muito bom humor, fechava a cena sempre em grande estilo. Com sua morte repentina, “pirulitou-se” da vida e deixou saudades.

Ordem dos tratores

Mussum

"A ordem dos tratores não altera o pão duris."

Quem fez escola primária nos anos 1980, ou até mesmo antes, cansava de ouvir das professoras nas aulas de matemática que “a ordem dos fatores não altera o produto”. Daí, para transformarmos em “a ordem dos tratores não altera o viaduto”, foi um pulo. E Mussum fechou com chave de ouro, com a corruptela da corruptela!

Muito paradis?

Mussum

Mussum sorrindo

"Tá tudo muito paradis? Tome um mé que o mundo vai girarzis!"

Se tinha algo em que os quatro “trapalhões” eram bons, era nos trocadilhos. E nisso, Mussum reinava soberano. Até as frases mais simples, ditas na hora certa, eram garantia de gargalhadas. E de ficarem famosas para sempre.

Mais interessantiss

Mussum

Mussum sorrindo com os olhos arregalados

"Suco de cavadiss deixa as pessoas mais interessantiss."

Afinal, quem nunca só foi perceber que uma pessoa era mais interessante após dividir uma (ou algumas) garrafas de “suco de cevada”? Ou até mesmo conheceu pessoas incríveis em festas e bares onde o mesmo “suco” corria solto? O importante é respeitar os limites e aproveitar a experiência que uma boa vitamina de lúpulo e cevada fermentada podem proporcionar!

Mais Vale

Mussum

"Mais vale um Bêbadis conhecidiss, que um alcoólatra anonimiss."

Mussum imortalizou tão profundamente essa máxima, que hoje é até difícil saber se era um ditado popular antes dele ou se foi ele quem o criou.

Leia mais sobre celebridades